Ordem do Sol Negro

Foi um corpo especial batizado como SS Schwarze Sonne, estabelecido para pôr em prática os ensinamentos do monge tibetano conhecido como o Homem das Luvas Verdes, o qual trouxe técnicas tenebrosas para atrair a energia do Sol Negro de nosso Sistema Solar.

As teorias geológicas e astronômicas que os cientistas nazis manejavam asseguravam que a Terra, como o resto dos corpos cósmicos, é na realidade um satélite de dois sóis, e não um somente, um branco e luminoso que nos dá vida, e outro, de matéria astral, que nos desequilibra. Essa Ordem do Sol Negro teve um objetivo: atrair energias cósmicas negativas do Sol Negro e pôr em marcha projetos secretos de dominação mundial.

Esta Sociedade Secreta, conhecida pelo nome de Sol Negro ou também como Ordem Negra, é apresentada pelos estudiosos do ocultismo como um corpo especial da SS que seguia os ensinamentos do monge tibetano da seita do Clã dos Dag-Dugpas, que significa homens das Luvas verdes, cujo poder era dominar técnicas que atraiam a energia do Sol Negro do nosso sistema solar.

Este grupo nazista da SS era um grupo de cientistas da astronomia, cuja teoria, defendida por eles, era de que a terra, como os demais corpos celestes, era um satélite com dois sóis, um luminoso e claro que fornecia vida, e outro que provocava o desequilíbrio. Esta Ordem tinha como objetivo atrair energias cósmicas negativas do Sol, conhecida como Sol Negro, e colocar em prática projetos secretos de dominação do mundo.

É sabido que as ligações nazistas com monges tibetanos foram comprovadas no final da 2ª Guerra Mundial. Em abril de 1045, seis cadáveres de tibetanos foram encontrados por russos num subterrâneo em Berlim. Os corpos estavam dispostos em círculo e, no centro, encontrava-se o Homem de Luvas verdes. Neste mesmo ano, foram encontrados aproximadamente mil corpos de homens do Himalaia e que haviam combatido ao lado de Hitler.

O braço direito de Hitler, Heinrich Himmler, era fascinado pelo ocultismo e por idéias que pregavam uma nova ordem mundial ideal, por isso, abraçou o culto do Sol Negro com fanatismo e se tornou seu sumo sacerdote. A ordem tinha como adeptos grandes chefes da SS e membros do alto escalão nazista. Para Himmler, o verdadeiro SS, de formação iniciática, encontrava-se além do bem e do mal, e resumia a doutrina pregada a um denominador comum: “crer, obedecer, combater e é tudo”.

O fato interessante é que, Himmler se inspirou na Ordem dos Jesuítas para administrar a SS e, da mesma forma que os Jesuítas se tornaram o braço religioso do império espanhol, o poder supremo da SS pretendia que a organização se tornasse o braço religioso da Alemanha. Um dos pontos desta crença de Himmler era que, seus soldados deveriam ter confiança entre eles, a ponto de poderem ter intimidades entre si, pois isso trazia um poder tântrico e energético.

Não é difícil perceber que todas estas sociedades secretas tem um objetivo comum: usar de seu poder, seja ele qual for, para a dominação e o auto poder pessoal. De fato, esse desejo humano é muito antigo, pois em todas as épocas homens desejaram a mesma coisa, e sempre irão desejar, até que Deus dê o Seu basta. Infelizmente, muitas vidas pereceram sem o conhecimento da verdade, aderindo, voluntariamente ou por imposição, a crença de seus líderes.

Fontes: http://www.prtemistocles.com.br/a-ordem-do-sol-negro/ e http://www.gnosisonline.org/mestres-da-senda/adolf-hitler/

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s